Tipos de chá

Você conhece todos os tipos de chá? Você sabia que existem milhares de variações de chá? Se fôssemos experimentar cada uma, demoraríamos mais de um ano certamente! Além dos chás clássicos de origem como o Ceylon e Darjeeling (tipos de chás pretos), também existem inúmeras variedades de chás únicos ao redor do mundo. Esses chás […]

Você conhece todos os tipos de chá?

Você sabia que existem milhares de variações de chá? Se fôssemos experimentar cada uma, demoraríamos mais de um ano certamente! Além dos chás clássicos de origem como o Ceylon e Darjeeling (tipos de chás pretos), também existem inúmeras variedades de chás únicos ao redor do mundo. Esses chás são únicos, pois são produzidos em plantações com condições de solo particulares além de também possuírem técnicas de processamento singulares de suas folhas, criando sabores singulares.

Todas essas variedades vêm da mesma planta, a Camellia Sinensis. O que muda são os processos que as folhas sofrem. Abaixo vamos falar um pouco sobre cada tipo de chá:

  • Chá Branco: Dentre todas as variedades, esses são os menos processados. Em sua maioria são chás mais delicados, suaves, leves, com pouco corpo e cor, mas com alta complexidade. De modo geral, esse chá é confeccionado somente com os brotos macios da planta ou com os brotos e as folhas mais jovens, fazendo com que tenha um sabor muito mais doce e delicado. Experimente nosso Classic White!
  • Chá Verde: De modo geral, são bem mais suaves que os pretos, mas mais intensos e com mais corpo que os brancos. O processo que o caracteriza é a fixação, como já falado em nosso artigo sobre ele, evitando que a folha oxide. Neste tipo de chá, encontramos mais aromas e sabores vegetais, sendo que alguns até apresentam uma leve nota tostada. Nosso Anaberry é uma opção deliciosa!

 

  • Chá Amarelo ou Dourado: Esta variedade de chá é produzida em pequeníssimas quantidades. Sua utilização em blends ainda é pouco comum. O chá amarelo tem a doçura do branco, o teor vegetal suave do verde, o sabor intenso do oolong e o tempero delicado do chá preto.

 

  • Chá Oolong ou Azul: São os mais complexos. Seu perfil sensorial varia de acordo com a sua oxidação, dando origem assim às suas categorias. O Oolong Jade possui uma cor verde azulada, com baixo nível de oxidação e folhas bem pretas. O Oolong Escuro é composto por folhas abertas e possui uma cor mais amarronzada. Por fim, temos também os Oolongs Cozidos, que são chás que foram secos por mais tempo ou que foram cozidos de maneira diferente pelo comerciante que os vende, depois de já terem saído da fábrica. Resumindo, os Oolongs são um universo inteiro a ser descoberto. O Oh Berry é uma delícia!

 

  • Chá Preto (Na China é conhecido como chá vermelho em função da cor do líquido): Esta variedade de chá é completamente oxidada. Em geral são suaves e pouco adstringentes. Podem possuir notas defumadas, amadeiradas ou de cacau e tabaco.

 

  • Dark Teas: São os chás que passam por uma etapa de fermentação pós-produção. Esses são os únicos tipos que melhoram com o passar do tempo. Os Dark Teas mais famosos são o Puerh e o Hei Cha. Em 2009, o Puerh ganhou uma “identidade geográfica”, assim como o Champagne na região da França. Experimente o nosso Bourbon Vanilla!

Lembrando que cada tipo de chá é obtido de acordo com os processos que sofrem suas folhas e todos são provenientes da Camellia Sinensis.

Gostou deste artigo? Acompanhe nossos perfis no Facebook e Instagram para ficar por dentro de muitas outras curiosidades e histórias sobre chás!

Leia também

Comentários